Professores decidem não participar da abertura de jornada pedagógica em Mutuípe.

Professores decidem não participar da abertura de jornada pedagógica em Mutuípe.

Indignados com a falta de respostas concretas em relação ao rateio do FUNDEB por parte da gestão do prefeito Digão (MDB), O sindicato dos trabalhadores em Educação – APLB – Núcleo Mutuípe, comunicou neste final de semana que a categoria não irá participar da abertura da Jornada Pedagógica organizada pela secretaria de educação do município, programada para o dia 08 de fevereiro. Além disso, o sindicato fará uma assembleia no período de 08 a 10 de fevereiro com indicativo de paralisação.

Desde o final do ano de 2021, os professores aguardam uma definição da gestão municipal para pagar a sobra do recurso oriundo do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

Pela lei, pelo menos 70% dos recursos do Fundeb deve ser destinado ao pagamento dos profissionais da educação básica em efetivo exercício. Quando o ente federativo não atinge esse percentual, a diferença deve ser rateada (dividida) entre esses profissionais.

A APLB já encaminhou diversos ofícios ao executivo municipal, porém sem resposta e sem rateio, os professores podem paralisar as atividades antes mesmo do início do ano letivo.