Viagem de Bolsonaro à Rússia e Hungria custou mais de R$ 2 mi

Viagem de Bolsonaro à Rússia e Hungria custou mais de R$ 2 mi

A viagem de quatro dias do presidente Jair Bolsonaro (PL) a Rússia e Hungria em meados de fevereiro custou mais de R$ 2 milhões aos cofres públicos, conforme informações da coluna de Bela Megale, no O Globo, obtidas pela coluna via Lei de Acesso à Informação.

A viagem foi polêmica, já que a Rússia ameaçava invadir a Ucrânia, o que foi concretizado pouco depois. Na ocasião, Bolsonaro disse que o Brasil “era solidário a Rússia”. Desde a invasão e o início do conflito, o Brasil se diz neutro, apesar de ter condenado a ação militar em votação na Organização das Nações Unidas (ONU).

A parte mais cara da viagem foram as diárias, com custo de US$ 211.401,71, que na cotação atual equivale a R$ 1,074 milhão. O governo contou à coluna que as diárias são usadas para “indenizar o servidor por despesas extraordinárias com pousada, alimentação e locomoção urbana”. (ATarde)